A influência da história de vida de professoras negras na sua prática pedagógica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2019v11n23p524-542

Palavras-chave:

Educação das Relações Étnico-raciais. Prática Pedagógica. História de Vida. Professoras Negras. Lei nº 10.639/2003.

Resumo

O artigo apresenta resultados da pesquisa que objetivou compreender como a história de vida de professoras negras influenciam na sua prática pedagógica para a implementação da Lei nº 10.639/2003. A partir desta indagação buscou-se: conhecer a história de vida das professoras negras, identificar como o fato de ser negra tem influência na discussão das questões raciais em sala de aula, e verificar se utilizam a Lei nº 10.639/2003 na construção do conteúdo. A pesquisa, de cunho qualitativo, utilizou como instrumento de coleta de dados a técnica da história de vida e, para análise dos dados, a análise de conteúdo. Constatou-se que a história de vida contribui para a afirmação identitária, influenciando diretamente a mudança de postura no cotidiano do professor, inclusive, na sua prática Pedagógica.

Biografia do Autor

Maria Conceição Reis, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Pedagoga, Mestra e Doutora em Educação pela UFPE. Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPE. Pesquisadora da Educação das Relações Étnico-raciais.

Edilce Maria Dionizia de Oliveira, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Pedagoga pela Universidade Federal de Pernambuco. Professora da educação básica.

Herlane Victor do Nascimento Ferreira, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Pedagoga pela Universidade Federal de Pernambuco. Professora da educação básica.

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Portugal – Lisboa: Edições, 70. Lisboa: 2009.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Parecer 03/2004. Brasília, 2004

CALIXTO, Iracema. Entrevista concedida a pesquisa: A influência da história de vida de professoras negras na sua prática pedagógica. UFPE, Recife, 2016.

DIAS, Joana. Entrevista concedida a pesquisa: A influência da história de vida de professoras negras na sua prática pedagógica. UFPE, Recife, 2016.

D’ADESKY, Jacques. Racismos e anti-racismos no Brasil. Pluralismo étnico e multiculturalismo. Rio de Janeiro: Pallas, 2001.

DUBAR, Claude. A Socialização: construção das identidades sociais e profissionais; tradução Andréa Stahel M. da Silva. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

FRANCO, Maria Amélia Santoro. História de vida: uma abordagem emancipatória aliando pesquisa e formação de professor reflexivo. Disponível em:<http://www.educacaoonline.pro.br/index.php?option=com_content&view=article&id=314:historia-de-vida-uma-abordagem-emancipatoria-aliando-pesquisa-e-formacao-de-professor-reflexivo&catid=4:educacao&Itemid=15. > Acesso em: 18 de outubro de 2016.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

GIL, Antônio Carlos. Estudo de caso. São Paulo: Cortez, 2009.

GOMES, Nilma Lino. Educação e identidade negra. Belo Horizonte, POSLIT/CEL, Faculdade de Letras da UFMG, v.06, n.09, dez/2002, p. 38-47.

_______. Alguns termos e conceitos presentes no debate sobre relações raciais no Brasil: uma breve discussão. Educação antirracista: caminhos abertos pela Lei Federal nº 10.639/03. Brasília: MEC/SECAD, 2005. p. 39-62

_______. Diversidade étnico-racial, inclusão e equidade na educação brasileira: desafios, políticas e práticas. In: ANPAE, 2010. Disponível em: <http://www.anpae.org.br/iberolusobrasileiro2010/cdrom/94.pdf>.Acesso em: 20 de maio de 2017.

LIMA, Etiene. Entrevista concedida a pesquisa: A influência da história de vida de professoras negras na sua prática pedagógica. UFPE, Recife, 2016.

LUDKE, Menga e ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1990.

REIS, Maria da Conceição. Prática Pedagógica e Cultura Popular: uma relação possível. Recife: PROEXT-UFPE & Ed. Universitária da UFPE, 2014.

RICHARDSON, Roberto Jarrir. Pesquisa Social: Métodos e técnicas. SP: Atlas, 1999.

RODRIGUES, Mazarelo. Entrevista concedida a pesquisa: A influência da história de vida de professoras negras na sua prática pedagógica. UFPE, Recife, 2016.

SILVA, Claudilene Maria. Professoras Negras: identidade e práticas de enfrentamento do racismo no espaço escolar. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2013.

SILVA, Luciene. Entrevista concedida a pesquisa: A influência da história de vida de professoras negras na sua prática pedagógica. UFPE, Recife, 2016.

Downloads

Publicado

25/04/2019

Como Citar

REIS, M. C.; OLIVEIRA, E. M. D. de; FERREIRA, H. V. do N. A influência da história de vida de professoras negras na sua prática pedagógica. Debates em Educação, [S. l.], v. 11, n. 23, p. 524–542, 2019. DOI: 10.28998/2175-6600.2019v11n23p524-542. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/6103. Acesso em: 29 jan. 2022.

Edição

Seção

Dossiê "Abordagens pedagógicas interdisciplinares para a educação das relações étnico-raciais"

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)