Análise da atuação da equipe polidocente do Programa Escola de Gestores da Educação Básica da Universidade Federal de Ouro Preto

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2019v11n24p228-244

Palavras-chave:

Programa Escola de Gestores. Gestão Escolar. Formação Docente. Polidocência. Educação a Distância

Resumo

Este artigo explicita e analisa algumas ações desenvolvidas pela equipe polidocente do Programa Nacional Escola de Gestores da Educação Básica (PNEG) na Universidade Federal de Ouro Preto voltada para a formação dos gestores educacionais no estado de Minas Gerais. A equipe responsável pela formação no PNEG, embora de modos e em momentos diferentes, participou ativamente do processo formativo e foi capaz de articular e ter ciência de seu papel pedagógico, para que procedesse aos ajustes e replanejamento contínuos das disciplinas e do Curso de Especialização em Gestão Escolar. Entende-se que o conjunto de ações articuladas e realizadas pela equipe contribuiu para a formação dos gestores e para o enfrentamento de demandas específicas em cada escola atendida por meio dos projetos de intervenção. 

Biografia do Autor

Breynner Ricardo Oliveira, Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)

Departamento de Gestão Pública

Programa de Pós Graduação em Educação 

Jianne Ines Fialho Coelho, Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)

Programa de Pós-Graduação em Educação

Magna Campos, Universidade Presidente Antônio Carlos (UNIPAC)

Universidade Presidente Antônio Carlos

Camila Carolina Flausino, Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete

Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete

Referências

ALMEIDA, O. C. S. Evasão em Cursos a Distância: análise dos motivos de desistência. Pesquisa e Avaliação Educação Continuada em Geral. Relatório de Pesquisa. Disponível em: <http://www.abed.org.br/congresso2008/tc/552008112738pm.pdf>. Acesso em 13/11/2017.

AGUIAR, M. A. S. A política nacional de formação docente, o Programa Escola de Gestores e o trabalho docente. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, n. especial 1, p. 161-172, 2010. Editora UFPR.

BAUMAN, Z. Modernidade Líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2001.

BAUMAN, Z. Vida Líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2007.

BELLONI, M. L. Educação a distância. 6. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2012.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Diretrizes Nacionais do Programa Escola de Gestores da Educação Básica Pública. Brasília, DF, 2009.

CAMPOS, Magna; MARTINS, Lídia. A gestão da equipe e das ações implementadas no Programa Escola de Gestores da UFOP: os desafios da supervisão pedagógica. In: OLIVEIRA, Breynner; TONINI, Adriana (orgs.). Gestão escolar e formação continuada de professores: o programa nacional Escola de Gestores e na Universidade Federal de Ouro Preto. Juiz de Fora: Editar, 2014.

CAMPOS, Magna; MARTINS, Lídia. Docência universitária, práticas pedagógicas e metodologias ativas em EAD: a experiência da pesquisa-ação no Programa Escola de Gestores da UFOP. In: OLIVEIRA, Breynner; MARTINS, Lídia; FLAUSINO, Camila. Política educacional e formação de professores: reflexões e implicações a partir da Gestão Escolar. Juiz de Fora: Editar, 2017.

CAMPOS, Magna; ZAMPIER, Russell. Ambientes virtuais de aprendizagem e letramento: peculiaridades da escrita acadêmico- científica. In: OLIVEIRA, Breynner; TONINI, Adriana (orgs.). Educação a distância e formação continuada de professores: múltiplas dimensões e desafios da implementação do Programa Nacional Escola de Gestores na Universidade Federal de Ouro Preto. Juiz de Fora: Editar, 2016.

CUNHA, Jaeder Fernandes. Letramento acadêmico: reflexão e algumas considerações sobre cursos de negócios em faculdades privadas populares. Revista Signum: Estudos de Linguagem, Londrina, n. 15/2, p. 129-151, dez. 2012.

GOMES, C.; COSTA, C. M.; VITORINO, D. P.; SALOMON, E. F. S.; GUIMARÃES, G. H.; MORENO, J. C.; BRASIL, L. L.; ÁVILA, S. P. Uso de tecnologias de informação e comunicação em cursos de graduação: uma experiência em Educação a Distância. Assis: Storbem Gráfica e Editora, 2014 (Coleção Pesquisa).

KENSKI, V. M. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas, SP: Papirus, 2007

MACHADO, Nilson José. Epistemologia e didática: as concepções de conhecimento e inteligência e a prática docente. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

MARTINS, L. G.; OLIVEIRA, B. R.; TONINI, A. M. A segunda turma do Curso de Especialização em Gestão Escolar: alterações na dinâmica de formação. In: OLIVEIRA, B. R.; TONINI, A. M. (Org.). Educação a Distância na Formação Continuada de Professores: múltiplas dimensões e desafios da implementação do Programa Nacional Escola de Gestores na Universidade Federal de Ouro Preto. Juiz de Fora: Editar, 2016, p. 73-85.

MILL, D. R. S.; RIBEIRO, L. R. C.; OLIVEIRA, M. R. G. O. Polidocência na educação a distância. São Paulo: EdUFSCar, 2010.

MOORE, M.; KEARSLEY, G. Educação a Distância: uma visão integrada. São Paulo: Thomson Learning, 2007.

OLIVEIRA, B. R. Projeto do Curso de Especialização em Gestão Escolar. Ouro Preto: UFOP/CEAD, 2012.

OLIVEIRA, B. R.; TONINI, A. M. A formação continuada de professores da educação básica e o Programa Nacional Escola de Gestores: o curso de Especialização em Gestão Escolar na Universidade Federal de Ouro Preto. In: OLIVEIRA, B. R.; TONINI, A. M. (Org.). Gestão Escolar e Formação Continuada de Professores: O Programa Nacional Escola de Gestores na Universidade Federal de Ouro Preto. Juiz de Fora: Editar, 2014, p. 9-26.

OLIVEIRA, B. R.; MARTINS, L. G.; DUARTE, A. O. Tensões e contradições do trabalho polidocente na formação de professores na modalidade a distância: uma análise do Programa Nacional Escola de Gestores na Universidade Federal de Ouro Preto. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 13, n. 2, p. 638-656, abr./jun., 2018.

ROSTAS, Márcia Helena; ROSTAS, Guilherme Ribeiro. O ambiente virtual de aprendizagem (Moodle) como ferramenta auxiliar no processo ensino-aprendizagem: uma questão de comunicação. In: SOTO, Ucy; MAYRINK, Mônica; GREGOLIN, Isadora (orgs.). Linguagem, educação e virtualidade [online]. São Paulo: Editora UNESP/Cultura Acadêmica, 2009. Disponível em: http://books.scielo.org/id/px29p/pdf/soto-9788579830174-08.pdf. Acesso em: 19 mar. 2015.

THIOLLENT, Michel. Metodologia da pesquisa-ação. 2.ed. São Paulo: Cortez, 1986.

ZUIN, A. A. S. Educação a distância ou educação distante? Revista Educação e Sociedade, Campinas, vol. 27, n. 96 - Especial, p. 935-954, out. 2006.

Downloads

Publicado

31/08/2019

Como Citar

OLIVEIRA, B. R.; COELHO, J. I. F.; CAMPOS, M.; FLAUSINO, C. C. Análise da atuação da equipe polidocente do Programa Escola de Gestores da Educação Básica da Universidade Federal de Ouro Preto. Debates em Educação, [S. l.], v. 11, n. 24, p. 228–244, 2019. DOI: 10.28998/2175-6600.2019v11n24p228-244. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/7022. Acesso em: 5 fev. 2023.

Edição

Seção

Dossiê “Tecnologias e educação: usos, efeitos e reflexões sobre a formação no cotidiano das instituições educacionais”

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)