Gestão e formação de professores: os dilemas contemporâneos da complexidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2020v12n28p705-723

Palavras-chave:

Educação. Gestão. Formação de professores

Resumo

Este artigo propõe, a partir de um prisma transdisciplinar, debater os conhecimentos necessários à compreensão de diferentes aspectos referentes à gestão educacional, à gestão escolar e à formação de professores. Para tanto, adotamos o conceito de complexidade, no sentido trazido pela reflexão de Edgar Morin (2003), que tem iluminado os dilemas contemporâneos decorrentes das crises nos sistemas educacionais. Como metodologia, adotamos uma revisão bibliográfica da obra de Morin (1989, 2000, 2003, 2005, 2015) e de outros estudiosos, assim como sustentamos um estudo quantitativo baseado em pesquisas nacionais (INEP, 2017a, 2017b, 2017c). Este estudo traz, como resultados parciais, um panorama geral da gestão e formação dos professores a partir dos dilemas contemporâneos da complexidade.

Biografia do Autor

Laurymar Garcez Freitas Santos Accioly, Universidade Metodista de São Paulo (UMESP)

Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo-SP. Engenheira e professora de engenharia.

Patrícia Margarida Farias Coelho, Universidade Metodista de São Paulo (UMESP) Universidade Ibirapuera (UNIB)

Possui graduação em Letras (Português/Inglês) (1995) e em Pedagogia (2016). É psicanalista formada pela escola "Diálogos Abertos". Especialização em Didática da Língua Portuguesa no Ensino Superior pela Faculdade de Ciências e Letras de Bragança Paulista (1997). É Mestra em Letras pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2007) e Mestra em Psicanálise pela Escola "Diálogos Abertos" (2014). Doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2010). Possui Pós-Doutorado pelo (i) Programa de Pós-Graduação em Tecnologias da Inteligência e Design Digital da PUC-SP com bolsa FAPESP, (ii) Pós-Doutora em Comunicação Digital pela Universidade de Murcia e (iii) Pós-Doutorado em Comunicação Digital pela Universitat Autonoma de Barcelona e (iv) Pós-Doutorado no Programa de Educação e Currículo sob a supervisão de José Armando Valente. Atuou como professora visitante na Universidade Pompeu Fabra em Barcelona - Espanha. É atualmente professora permanente no Programa de Mestrado e Doutorado em Educação da Universidade Metodista de São Paulo (UMESP desde 2018) e professora permanente (20 horas) desde 2019 no Programa de Mestrado em Educação, Subjetividade e Psicanálise na Universidade Ibirapuera (UNIB). Foi professora titular no Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas na Universidade Santo Amaro (UNISA) e coordenadora da Relações Internacionais da mesma Instituição (2016 - 2018) e Professora colaboradora no Curso de Mestrado Profissional em "Educação e Novas Tecnologias" da UNINTER desde 2016-2017. Docente visitante na Universitat de VIC/Espanha de 2013 até 2014. Professora Visitante Permanente na Universidade de Santander - Colômbia. Atualmente é coordenadora dos Cursos de Lato Sensu na Universidade Metodista de São Paulo: Educação Especial e Inclusiva e Gestão em Educação: Direção e Coordenação.Tem experiência na área de Comunicação, Mídias Digitais , Análise de Conteúdo e Linguística, com ênfase em Semiótica Francesa.. Foi aprovada em 2009 no Concurso para Professor Adjunto da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e no ano de 2010 foi aprovada no Concurso para professor Adjunto da Universidade Federal de Goiás, conforme edital nº 092/2009 para a área de publicidade e propaganda.oi aprovada em 2009 na Prova Escrita e na Prova Didática, no Concurso para Professor Adjunto da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, para a Disciplina de "Semiótica Aplicada a Linguagem Publicitária" e no ano de 2010. Áreas de interesse: educomunicação, análise de conteúdo, games e semiótica francesa. 

Marcos Rogério Martins Costa, Universidade de Brasília (UnB)

Doutor e Mestre em Letras pelo programa de pós-graduação em Semiótica e Linguística geral da FFLCH-USP; Graduação em Letras (bacharelado e licenciatura), nas habilitações de Português e Linguística pela Universidade de São Paulo. É atualmente Professor Substituto no Instituto de Letras da Universidade de Brasília (UnB) e Revisor de ABNT da Universidade Aberta do Brasil, lotado no Centro de Educação a Distância da UnB. Membro da Academia Contemporânea de Letras (ACL), ocupando a cadeira 21, cujo patrono é Érico Veríssimo e do Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo - GEL, desde 2010. Possui experiência em Língua Portuguesa, Linguística Geral, Semiótica, Análise do Discurso (AD-Francesa) e Estudos do Círculo de Bakhtin. Suas outras áreas de interesse são Ciências da Linguagem, Modelos de Ensino e Aprendizagem e Novas Mídias.

Downloads

Publicado

18/08/2020

Como Citar

ACCIOLY, L. G. F. S.; COELHO, P. M. F.; COSTA, M. R. M. Gestão e formação de professores: os dilemas contemporâneos da complexidade. Debates em Educação, [S. l.], v. 12, n. 28, p. 705–723, 2020. DOI: 10.28998/2175-6600.2020v12n28p705-723. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/8719. Acesso em: 20 out. 2021.

Edição

Seção

Dossiê "Complexidade e Transdisciplinaridade no Século XXI"