BNCC e BNC-formação

reflexões sobre as competências, habilidades e práticas pedagógicas a partir dos documentos que norteiam a educação básica brasileira

Autores

  • Elaine Fernanda dos Santos Universidade Federal de Sergipe https://orcid.org/0000-0003-4242-2431
  • Maria do Socorro Ferreira da Silva Universidade Federal de Sergipe
  • Sindiany Suelen Caduda dos Santos Universidade Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.28998/2175-6600.2023v15n37pe15019

Palavras-chave:

Currículo, Educação integral, Formação humana

Resumo

O processo de formação de professores tem sido redesenhado para atender as exigências impostas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Este artigo, de natureza teórica, objetiva discutir como a BNC-formação contempla o desenvolvimento das competências gerais e específicas, articuladas com as práticas pedagógicas docentes, de modo a garantir a construção de aprendizagens essenciais preconizadas pela BNCC e possibilitar a democratização do ensino e a educação integral. Para isso, são discutidos os pressupostos teórico-metodológicos desses documentos que orientam os currículos da educação básica e formação dos professores, fazendo articulação com as práticas pedagógicas para o ensino integral e humano. Por meio da discussão, é possível refletir sobre uma série de encontros e desencontros entre a BNCC e BNC-formação, no que diz respeito ao desenvolvimento de competências, habilidades, educação integral, formação humana e saberes experienciais. Defendemos ao final que, para alcançar o processo de ensino e aprendizagem, que considere as singularidades dos estudantes, é basilar pensar na formação humana e democrática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elaine Fernanda dos Santos, Universidade Federal de Sergipe

Doutoranda no Programa de Pós-graduação em Ensino da Rede Nordeste de Ensino (RENOEN) da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Mestra em Ensino de Ciências e Matemática (PPGECIMA), na linha de pesquisa currículo, didáticas e métodos de ensino das ciências naturais e matemática pela UFS. Licenciada em Ciências Biológicas pela UFS. Pesquisadora vinculada ao Grupo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares em Metodologias Ativas da UFS (GEPIMA/UFS/CNPq).

Maria do Socorro Ferreira da Silva, Universidade Federal de Sergipe

Professora Associada do Departamento de Geografia da UFS e da Pós-Graduação (PROFCIAMB/UFS). Atualmente está em Exercício Provisório na Universidade de Brasília. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares em Metodologias Ativas (GEPIMA/CNPq/UFS) e pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Geoecologia e Planejamento Territorial (GEOPLAN/CNPq/UFS). 

Sindiany Suelen Caduda dos Santos, Universidade Federal de Sergipe

Bióloga Licenciada. Mestre e Doutora em Desenvolvimento e Meio Ambiente (Área da Capes: Ciências Ambientais) pela Universidade Federal de Sergipe - PRODEMA/UFS. Atualmente é professora Adjunta da Universidade Federal de Sergipe - Campus do Sertão. É Professora Permanente e foi Coordenadora Adjunta do Programa de Pós-graduação em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais- Associada UFS - PROFCIAMB/UFS. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares em Metodologias Ativas da UFS (GEPIMA/UFS).

Referências

ANASTASIOU, L. das G. C. Estratégias de ensinagem. Processos de ensinagem na universidade. Pressupostos para as estratégias de trabalho em aula, v. 3, p. 67-100, 2004.

BERBEL, N. A. N. As metodologias ativas e a promoção da autonomia de estudantes. Semina: Ciências sociais e humanas, Londrina, v. 32, n. 1, p. 25-40, 2011. Disponível em: http://sta.sites.uff.br/wp-content/uploads/sites/433/2018/08/berbel_2011.pdf. Acesso em: 30 jan. 2023.

BITTENCOURT, J. Educação Integral no contexto da BNCC. Revista E-curriculum, v. 17, n. 4, p. 1759-1780, 2019. Disponível em: http://educa.fcc.org.br/pdf/curriculum/v17n4/1809-3876-e-curriculum-17-04-1759.pdf. Acesso em: 27 jan. 2023.

BRANCO, E. P.; BRANCO, A. B. de G.; IWASSE, L. F. A.; ZANATTA, S. C. Sistema Nacional de Educação: críticas no contexto da implantação da BNCC. Debates em Educação, v. 11, n. 25, p. 271-294, 2019. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/ojs2-somente-consulta/index.php/debateseducacao/article/view/8035. Acesso em: 29 jan. 2023.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: educação é a base. Brasília: Ministério da Educação/ Secretaria da Educação Básica, 2017.

BRASIL. Resolução CNE/CP n.2, de 20 de dezembro de 2019.Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica e institui a Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC-Formação), 2019.

COSTA, E. M.; DE MATTOS, C. C.; DA SILVA CAETANO, V. N. Implicações da BNC-formação para a universidade pública e formação docente. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, p. 896-909, 2021. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/14924. Acesso em: 22 jan. 2023.

COSTA, D. V. da. A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio: entre os interesses neoliberais e possibilidades de formação humana. Conjecturas, v. 22, n. 5, p. 949-964, 2022. Disponível em: http://conjecturas.org/index.php/edicoes/article/view/1066. Acesso em: 11 jan. 2023.

DINIZ-PEREIRA, J. E. Nova tentativa de padronização dos currículos dos cursos de licenciatura no Brasil: a BNC-formação. Revista Práxis Educacional, v. 17, n. 46, p. 53-71, 2021. Disponível em: http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2178-26792021000300053. Acesso em: 10 jan. 2023.

FARIAS, I. M. S. O discurso curricular da proposta para BNC da formação de professores da educação básica. Retratos da escola, v. 13, n. 25, p. 155-168, 2019. Disponível em: https://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/view/961. Acesso em: 10 jan. 2023.

FAZENDA, I. C. A. Desafios e perspectivas do trabalho interdisciplinar no ensino fundamental contribuições das pesquisas sobre interdisciplinaridade no Brasil: o reconhecimento de um percurso. In: DALBEM, A. et al. Coleção Didática e Prática de Ensino Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. 734p.

FAZENDA, I. C. A. Integração e interdisciplinaridade no ensino brasileiro: efetividade ou ideologias. 5 ed. São Paulo: Edições Loyola, 2002.

GOMES, J. M.; LIMA, A. S. T. Os espaços não-formais de ensino e a prática pedagógica no Ensino Médio Integrado. Humanidades & Inovação, v. 8, n. 53, p. 365-379, 2021. Disponível em: https://revista.unitins.br/index.php/humanidadeseinovacao/article/view/5935. Acesso em: 29 jan. 2023.

LAVOURA, T. N.; ALVES, M. S.; SANTOS JUNIOR, C. de L. S. Política de formação de professores e a destruição das forças produtivas: BNC-formação em debate. Práxis Educacional, v. 16, n. 37, p. 553-577, 2020. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/6405. Acesso: 21 jan. 2023.

LIBÂNEO, J. C. Organização e gestão da escola. Goiânia: alternativa, p. 123-140, 2001.

MORÁN, J. Mudando a educação com metodologias ativas. Coleção Mídias Contemporâneas. Convergências Midiáticas, Educação e Cidadania: aproximações jovens, v. 2, p. 15-33, 2015. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4941832/mod_resource/content/1/Artigo-Moran.pdf. Acesso em: 29 jan. 2023.

NÓVOA, A. Vidas de Professores. Porto, Portugal: Porto Editora, 2 ed. 1995.

PERRENOUD, P. Dez novas competências para ensinar. Artmed editora, 2010.

RICARDO, E. C. Discussão acerca do ensino por competências: problemas e alternativas. Cadernos de pesquisa, v. 40, p. 605-628, 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cp/a/jhbTLVnkSMxDnWTyjxR37Ch/?lang=pt. Acesso em: 15 jan. 2023.

SANTOS, E. Pesquisa-formação na cibercultura. Portugal, Whitebooks, 1º ed., 2014.

SILVA, A. C. C.; FARIAS, D. C. C.; GOMES, D. J. L.; SANTOS, E. S. F. dos. Prática docente no ensino superior: uma análise a partir da abordagem do ensino por competências de Philippe Perrenoud. Revista Educação em Debate, n. 81, p. 131-145, 2020. Disponível em: https://repositorio.ufc.br/handle/riufc/52244. Acesso: 25 jan. 2023.

SILVA, D. de. M.; ARAÚJO, F. O.; FERREIRA, R. G. Interdisciplinaridade: reflexões sobre práticas pedagógicas no ensino médio integrado. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, v. 1, n. 18, p. e8814-e8814, 2020. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/8814. Acesso em: 29 jan. 2023.

SIMIONATO, M. F.; HOBOLD, M. de S. Diretrizes curriculares nacionais para a formação inicial de professores: padronizar para controlar?. Revista Práxis Educacional, v. 17, n. 46, p. 72-88, 2021. Disponível em: http://educa.fcc.org.br/scielo.php?pid=S2178-26792021000300072&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em: 15 jan. 2023.

SOARES, M. C. Narrativas de professores e as práticas pedagógicas: flashes narrativos no contexto da educação integral. Minas Gerais/MG, 2020. Dissertação (Mestrado em Educação e Docência) – Universidade Federal de Minas Gerais, Minas Gerais, 2020. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/handle/1843/38188. Acesso: 21 jan. 2023.

SOARES, P. G.; GONÇALVES, N. S.; SANTOS, T. de L.; RUPPENTHAL, R.; MELLO, E. B. BNC-Formação Continuada de Professores da Educação Básica: competências para quem?. Research, Society and Development, v. 11, n. 9, p. e46011932181-e46011932181, 2022. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/32181. Acesso em: 20 jan. 2023.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Editora Vozes Limitada, 2014.

TAVARES, C. Educação integral, educação contextualizada e educação em direitos humanos: reflexões sobre seus pontos de intersecção e seus desafios. Acta Scientiarum. Human and Social Sciences, v. 31, n. 2, p. 141-150, 2009. Disponível em: https://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciHumanSocSci/article/view/5436. Acesso: 27 jan. 2023.

ZANARDI, T. A. C. Educação integral, tempo integral e Paulo Freire: os desafios da articulação conhecimento-tempo-território. Revista e-Curriculum, v. 14, n. 1, p. 82-107, 2016. Disponível em: http://educa.fcc.org.br/pdf/curriculum/v14n1/1809-3876-curriculum-14-01-00082.pdf. Acesso em: 27 jan. 2023.

Downloads

Publicado

2023-05-10

Como Citar

SANTOS, Elaine Fernanda dos; SILVA, Maria do Socorro Ferreira da; SANTOS, Sindiany Suelen Caduda dos. BNCC e BNC-formação : reflexões sobre as competências, habilidades e práticas pedagógicas a partir dos documentos que norteiam a educação básica brasileira. Debates em Educação, [S. l.], v. 15, n. 37, p. e15019, 2023. DOI: 10.28998/2175-6600.2023v15n37pe15019. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/view/15019. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático - Formação Docente: Políticas e Práticas sob a perspectiva Human

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.